Cooperativismo reforça seu propósito na pandemia

Nessas últimas semanas, pensei muito em como começar este texto. Afinal, hoje, 3 de julho, comemoramos o Dia Internacional do Cooperativismo. Bombardeados pelas graves sequelas que o coronavírus deixa em nossa sociedade, especialmente no Brasil, fica difícil falar a palavra “comemoração”.

Mas, enxergando por um outro prisma, vejo que o cooperativismo – especialmente o financeiro – passou por esse obstáculo e saiu fortalecido, mostrando o seu verdadeiro propósito de existência: promover a prosperidade e a justiça financeira nos quatro cantos do país. Em todo o período da crise, pudemos dizer com muita firmeza que não saímos do lado de nossos cooperados. Esse é o motivo da existência do cooperativismo financeiro: gerar impacto social positivo para os nossos cooperados e suas comunidades.

Em um ano (crucial, diga-se de passagem), houve um aumento de 30% nas concessões de crédito. Estudamos, analisamos, nos debruçamos em números e histórias para oferecer um crédito muito sustentável, seja em financiamentos ou empréstimos, com taxas justas e fiéis ao nosso DNA cooperativista.

Não abaixamos a cabeça com as adversidades deste período, enquanto observamos muitas instituições financeiras reduzindo suas agências para estancar déficits ou aumentar lucros.

Colocamos à disposição do nosso cooperado toda a modernidade e conveniência trazidos pelo atendimento digital. Mas queremos estar perto, simbolizando também que estamos juntos, lado a lado, unindo o melhor dos dois mundos (físico e digital).

Também não posso deixar de citar aqui o apoio que o cooperativismo está tendo do órgão regulador, o Banco Central, materializado pelas ações propostas na Agenda BC#, sobretudo na dimensão “Inclusão”. O cooperativismo tem um papel essencial pela proximidade que possui com seus cooperados, o que proporciona efetividade no cumprimento do propósito cooperativista ao auxiliá-los na administração dos seus recursos.

Esses motivos nos fazem ter a tranquilidade de pensar que, embora a situação seja crítica em todo o mundo e tenhamos incertezas sobre nosso futuro, o cooperativismo é uma parcela de positividade que nos faz acreditar em dias melhores. E, apesar de ainda não podermos comemorar juntos, união e cooperação – sejam elas físicas, digitais ou híbridas – nunca vão faltar por aqui.

Extrato de artigo de Marco Aurélio Almada
Ganhador do prêmio “Influenciador Coop”, concedido pela
Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) em 2020.

 

AVISO
Quer pagar seu IPTU e seu IPVA, venha para a COPETRO que liberamos para você um empréstimo sem avalistas, em 10x, TR + 0.75%.
Ligue pra gente URGENTE!

Pague antes do vencimento.

Ass: DIRETORIA 2022